De olho no 4K – Vem aí o Ultra HD Blu-ray (via Tecnoblog)


Texto de Emerson Alecrim para o site Tecnoblog/Portal R7.

Não é o meu caso. Talvez não seja o seu. Mas ainda há muita gente que vê filmes a partir de DVD ou Blu-ray. Para fazer com que esse público não mude de ideia, a Blu-ray Disc Association (BDA) acaba de anunciar oficialmente um padrão de altíssima definição: o Ultra HD Blu-ray.

O que a nova especificação faz, basicamente, é adicionar compatibilidade à resolução 4K em mídias Blu-ray – precisamente, 3840×2160 pixels. O padrão também traz suporte a uma gama maior de cores e pode trabalhar com taxas de até 60 quadros por segundo.

Ultra HD Blu-ray

Tem mais: o Ultra HD Blu-ray suporta a tecnologia High Dynamic Range (HDR), os padrões de áudio DTS:X e Dolby Atmos, além de um recurso opcional chamado Digital Bridge que permite ao usuário visualizar o conteúdo do disco em diferentes dispositivos (tablets, smartphones, entre outros).

A intenção da BDA é aproveitar o lento, mas constante crescimento do segmento de televisores 4K. Serviços de streaming, com destaque para a Netflix, estão aumentando aos poucos a oferta de vídeos com essa resolução, portanto, demanda não falta.

Como nem todo mundo quer ou pode contar com uma conexão à internet para streaming em 4K (essa resolução exige, pelo menos, 15 megabits por segundo para funcionar bem), o Ultra HD Blu-ray deve encontrar algum espaço no mercado.

Bom, é o que a BDA espera. Não há dúvidas de que o Ultra HD Blu-ray tem potencial para te fazer virar a cara para vídeos com resoluções menores, mas há alguns pontos que podem atrapalhar os planos.

Ultra HD Blu-ray

Para começar, existe o fator custo: o novo padrão exigirá discos com capacidade de 66 GB ou 100 GB. Essas unidades têm, respectivamente, duas e três camadas para armazenamento de dados, consequentemente, não serão baratas.

Além disso, você terá que trocar o seu player, já que, com uma possível exceção ou outra, os reprodutores atuais não serão compatíveis. Samsung e Panasonic estão entre as companhias que já estão trabalhando nisso. Esses aparelhos, vale frisar, também serão compatíveis como discos Blu-ray “normais”.

O licenciamento da tecnologia deve começar ainda neste trimestre. Assim, é de se esperar que os primeiros filmes e players Ultra HD Blu-ray cheguem ao mercado até o final do ano.